CONHEÇA MEU BLOG PAPO DE PROFESSOR...TE ESPERO LÁ!!!!
http:papodeprofessor.blogspot.com

Também estamos no Face book : "professores mediadores conectados" e " papo de professor"

terça-feira, 19 de maio de 2015

Aluna é estuprada por três estudantes dentro de escola estadual em SP

Marcelle Souza
Do UOL, em São Paulo
 Ouvir texto
 
0:00
 Imprimir Comunicar erro
A polícia investiga uma ocorrência de estupro dentro do banheiro masculino da Escola Estadual Leonor Quadros, na zona sul de São Paulo. A vítima é uma aluna de 12 anos.
O caso ocorreu na terça-feira (12) por volta das 16h, enquanto estudantes e professores estavam em sala de aula. A menina teria sido violentada por três alunos de 13 e 14 anos.
Segundo testemunhas, a garota tinha sinais de agressão. Um professor afirma que viu a jovem enquanto passava pelo corredor e a ajudou, mas a secretaria de Educação nega este fato por não estar contido no boletim de ocorrência. A polícia não foi chamada no local. A denúncia foi encaminhada pelo WhatsApp do UOL (11) 97500-1925.
A escola chamou socorro -- segundo a secretaria estadual de Educação, a aluna teria procurado a direção porque estava com  falta de ar -- e a menina foi levada para o hospital, onde foi submetida a um exame para comprovar a violência sexual. A polícia aguarda o resultado do laudo.

Tinha que ter chamado a polícia na hora

"Na delegacia, me disseram que o grande erro é que a escola não chamou a polícia. Tinha que ter chamado na hora", diz a mãe da aluna. Ela afirmou que a filha não quer passar perto da escola e que vai estudar em casa nos próximos meses.
Além da vítima, outras alunas não querem mais frequentar a escola com medo de novos ataques. "A escola está querendo abafar o caso. Eu fui até lá e me disseram que nada disso aconteceu", disse a mãe de uma aluna de 13 anos. "Eu não vou mais mandar a minha filha para a escola. Ela está com medo. Eles podem pular o muro da escola e fazer isso com outra aluna", diz a mãe.
Os adolescentes suspeitos também são alunos da escola e não foram apreendidos. "Tenho medo que eles fujam", afirma a mãe da garota. A secretaria de Educação informou que os três estudantes suspeitos foram transferidos para outras escolas da região.

Violência e drogas

Segundo um professor que não quis se identificar, o colégio passa por problemas há muito tempo. "A escola está abandonada. Não tem inspetor nos corredores e o uso de drogas é comum no período da tarde".
Outro professor afirmou que já foi ameaçado por alunos da unidade. "A situação é inaceitável. Eu tenho várias ocorrências de ameaça diretas e, infelizmente, a gente não pode fazer nada. Acho que estão esperando que ocorra um assassinato para fazer algo", disse. "Ás 17h a escola já começa a ficar na escuridão total, não tem iluminação suficiente", afirma o professor.

Garota teria relatado falta de ar

Em nota, a secretaria de Educação afirmou que a direção da escola "solicitou atendimento médico emergencial e comunicou seus responsáveis" depois de ser procurada pela aluna, que relava estar com "falta de ar".
Segundo a pasta, a vítima só informou o ocorrido no hospital "e, de imediato, a mãe da jovem foi orientada a registrar o boletim de ocorrência".
"A equipe gestora da unidade também acionou os pais dos estudantes envolvidos e a Vara da Infância e da Juventude. Seguindo orientações do Conselho Tutelar, um novo boletim de ocorrência foi registrado pela direção escolar. Os estudantes que participaram do caso já foram transferidos para outra unidade de ensino".
Ainda segundo a secretaria, a escola está prestando "todo apoio à jovem e sua família" e colabora com a investigação policial.
fonte http://educacao.uol.com.br/noticias/2015/05/18/aluna-e-estuprada-por-tres-estudantes-dentro-de-escola-estadual-em-sp.htm

terça-feira, 31 de março de 2015

domingo, 15 de março de 2015

PAPO DE PROFESSOR: Papa apoia professores :É uma lástima que os profe...

PAPO DE PROFESSOR: Papa apoia professores :É uma lástima que os profe...: "Papa: Es una lástima que los profesores estén mal pagados" Publicado 14 marzo 2015 Francisco criticou a situação dos...

Que professor Cristão é, se não amas os alunos difíceis?


Papa Francisco: ¿Qué maestro cristiano eres sino amas a los estudiantes difíciles?



Papa Francisco: Que professor Cristão é, se não amas os alunos difíceis?

O Papa concede uma audiência a associação de professores e lembra que o cristão deve amar os estudantes , com suas dificuldades e problemas."


Parafraseando um versículo : Jesus diria: “se você ama somente aqueles que estudam, que são bem educados, que recompensa tereis?" o Papa Francisco recebeu em audiência no sábado, março 14 membros da União Católica de Professores de Italiano, diretores , educadores e formadores de mídia (UCIIM, sigla em italiano). 

"Qualquer professor se dá bem com os bons alunos. Para vocês eu peço que  ame o mais "difícil", que não quer estudar, aqueles que estão em dificuldades, alunos com deficiência e estrangeiros, que são agora um grande desafio para a escola ", Insistiu o pontífice
A partir de seu discurso, o Papa recordou que tinha sido um professor como eles e disse: "Eu tenho ótimas lembranças." Precisamente porque tem antes de tomar os votos finais para ser Jesuíta  e havia sido professor  por quase oito anos. 

"Como Jesus nos ensinou, toda a Lei e os profetas se resumem em dois  mandamentos: Amarás o Senhor teu Deus e o amor ao próximo (cf. Mt 22,34-40). Podemos perguntar: quem é o vizinho para um professor? Os "outros" são os seus alunos! É com eles  que passa seus dias. São eles que esperam por orientação dele, uma direção, uma resposta - e, antes disso, boas perguntas ", enfatizou  ele.

O Papa Francisco lembrou aqueles momentos de "maestrillo", como são chamados os novatos antes de se tornar um jesuíta, criticou a dupla jornada e salários baixos que os professores enfrentam em vários países.
Ele citou o caso de seu país natal.

Além do texto preparado disse: É uma injustiça. Acho que o meu país, que é o que eu sei: pobrecitos (professores) para ter uma bom salário, deve fazer mais do que dois turnos!Como termina um professor  depois de uma dupla jornada? É um trabalho mal pago, mas bellísimo  ", concluiu.

 Em seguida, ele apresentou alguns elementos que caracterizam a ideia de uma boa , que se opõe às ideias reducionistas de sua missão na sociedade.
 "A escola é certamente uma educação válida e qualificada, importante nas relações humanas, que são relações por nós de acolhimento, a bondade, dirigido a todos sem distinção".

Na verdade, continuou ele, o dever de um bom professor - especialmente de um professor cristão - é amar mais intensamente aos seus, mais pobres ", os alunos mais difíceis mais fracos e desfavorecidos.

Por isso,  confirmo que o ensino é um "trabalho bonito", porque "você pode ver crescer dia a dia aqueles que  a nós e nosso cuidado foi confiado. É um pouco de "como ser pais, pelo menos espiritualmente. É uma grande responsabilidade!

"Ensinar - continuou é um compromisso sério que só uma personalidade madura e equilibrada pode assumir. Este compromisso pode ser assustador, mas - ele lembrou - nenhum professor nunca está sozinho "também conta com o apoio de seus colegas e da comunidade escolar.
Para isso, ele disse que era bom "sempre partilhar o seu trabalho com colegas e toda a comunidade educativa a que pertencem".

Em seu discurso, ele dirigiu-se aos professores cristãos para serem verdadeiras testemunhas. Então, ele os chamou a estar presente na periferia existenciais e subúrbios da escola.Para combater ,” a exclusão, a ignorância e a delinquência".
Em uma sociedade que luta para encontrar pontos de referência, é necessário que os jovens recebam  na escola exemplos e guias positivos.

O Papa pediu que os professores deem sentido à escola,ao estudo e  a cultura ", sem reduzir tudo apenas à transmissão de conhecimentos técnicos", incentivou a  buscar uma relação educativa com cada aluno. 

Assim, exortou os professores a acolher ,aceitar e amar os alunos pelo que são, com todas as suas limitações e potencialidades.Precisamente Francisco deu-lhes o exemplo de São João Bosco, enquanto o bicentenário do seu nascimento é comemorado este ano. Ele também indicou  aos professores cristãos, " a necessidade da  evidência de uma humanidade madura e completa" tão necessários.

Profissionalmente, ele disse que "é importante atualizar" as habilidades de ensino, especialmente à luz das novas tecnologias ", mas o ensino não é apenas um trabalho: é uma relação em que cada professor deve sentir-se totalmente envolvido como uma pessoa ,para dar sentido ao papel educativo em relação aos seus alunos. 

 Por fim, o Papa encorajou os professores presentes a renovar com paixão o homem no processo de formação e testemunho de vida e de esperança. Em seu discurso, ele estava feliz que os 70 anos da  associação dos professores que recebeu em audiência, disse que, além de celebrar, é importante fazer um balanço desses anos. 

Fonte :http://www.aleteia.org/es/educacion/noticias/papa-francisco-que-maestro-cristiano-eres-sino-amas-a-los-estudiantes-dificiles-5211482316865536